APOIADOR CULTURAL - REGIONAL

Natural de Guaíba, Cleunice Nobre, conhecida carinhosamente por todos como fofa Nobre, incentivada pelo seu avô seu Manoel Nobre, aprendeu ainda criança, o gosto pelo instrumento. Teve seus primeiros acordes inspirados no toque da gaita do avô que, não deixava mexer em sua gaita, mas quando ele saía de casa ela pegava a gaita escondida e queria tocar como seu avô. Um dia foi pega por ele tirando sons na sua velha gaita, logo encaminhou a guria para ter aulas com o saudoso Sadi Cardoso, mestre na gaita ponto. Desde então, Fofa Nobre nunca mais se afastou da cordeona, o que antes era uma curiosidade, virou profissionalismo.
Campeã de inúmeros rodeios e festivais, Fofa Nobre é tricampeã do Enart e campeã da Vacaria. Com tanto desempenho, foi convidado pelo grande Renato Borghetti, a fazer parte do projeto fábrica de gaiteiros, sendo a primeira professora, e formando os primeiros alunos do projeto.
Fofa Nobre lançou seu primeiro cd em 2013, e para surpresa, recebeu duas indicações ao prêmio Açoriano de música gaúcha. Como melhor instrumentista regional e revelação.